A VERDADE NÃO SERIA BASTANTE PLAUSÍVEL SE FOSSE FICÇÃO - Richard Bach
Mostrando postagens com marcador Chico Lameirão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Chico Lameirão. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Conta Chico...

Mario Andretti e Mario Casoni na Alfa P33/2
Pace no Rio com a P33


 Caro RUI, em um jantar do ALFA ROMEO CLUB,  meu colega e amigo WILSON FITTIPALDI me contou essa história um tanto bizarra, que com sua autorização, repasso à você e seus leitores com prazer .....  Por essa eu não imaginava........!!!!!!!!

                 Seu ilustre personagem ninguém menos do que o ENG  CARLO CHITI finalizando a segunda edição do ALFA ROMEO  P33. Em uma quinta feira com uma agitação """"'a lá italiana """" para finalizar a macchina para a sua apresentação para segunda feira, lembram-se que faltam as """" gomas """" . Alguém liga para a DUNLOP na INGLATERRA, para que as mandem """" súbito """", pois o auto será testado logo após sua apresentação à imprensa.....!!!!!!  Do outro lado da linha, às cinco horas da tarde, hora do chá, alguém responde que  estão com um ligeiro """ delay""" , mas deverão ficar prontas para sexta feira ou no máximo sábado de manhã ......!!!!!  Pânico em terras """" di ALFA ROMEO """"" ...... Com receio de não ter-se pneus para segunda feira alguém empresta uma aeronave que irá até a INGLATERRA para pegar  do jeito que estiverem os pneus e quando eles chegam , para espanto geral do pessoal da ALFA ROMEO os pneus não estão riscados ......!!!!!!

                Não se tinha tempo para mais nada, ENG CHITI manda montá-los assim mesmo.....!!!!!  Paciência ........

                Segunda feira, após a apresentação à imprensa especializada, na parte da tarde começa-se a rodar com o bólido, ficando o piloto muito impressionado com o que tem à mão, um auto deveras fantástico, terminando o dia com quase 04 " 30 "' mais rápido do que a primeira edição da ALFA ROMEO P 33 ......... Um espanto .....!!!!!  Comentários mil, pois esse tempo 'é simplesmente abissal ....... o que será de tão diferente, pois basicamente ele tem  quase o mesmo conceito do carro anterior .........!!!!!!

                Na terça feira finalmente chegam da ITÁLIA as """" gomas """" da  DUNLOP devidamente riscadas, e aí a realidade chega dos dois lados, pois se verifica que a nova P33  é boa, melhor do que a anterior, mas em uns números mais modesto, coisa de 01"30'" , mas que os pneumáticos  SLICK, esses sim fizeram toda a diferença ......!!!!!!  A partir daí mudou- se até o estilo de se pilotar um auto de corrida de uma maneira geral , entrando- se em uma época moderna , por um """"" acaso """"".......!!!!!!!

                Aos fabricantes dos pneus SLICK em geral, mil reverências ao ENG CARLO CHITI....!!!!

                Ao WILSON FITTIPALDI obrigado pela história, você está com uma ótima memória , parabéns ......


  Ao RUI, obrigado mais uma vez pela oportunidade, abraço  amigo à todos

  CHICO LAMEIRÃO


_____________________________________________________________________

Caros Wilson e Chico, sem palavras para agradecer só digo muito obrigado!

foto do blog
 link


Agora meu amigo Chico...dois dias atrás bebíamos um café, aquele café de sempre e...fofocávamos, opsssss....conversávamos sobre tudo e você me contou de um certo AC 1.900 e uma corrida no Rio, à esta hora a foto já foi para você por e-mail, telefonei e você não atendeu e ligou e não ouvi...então veio a tentação de mostra-la aqui e  pedir que nos conte algo sobre...conta o que você fazia com o AC entre a P33 de seu amigo Pace e a Lola T70 do De Paolli?

Um abraço 

Rui Amaral Jr      



sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Conta Chico!

Chico e a Brabham de Pace!


..........., uma vez amigo RUI seu leitor WALTER tece um comentário sobre as escritas  que vez por outra o faço juntamente com você em seu blog .....!!!!!!  Agradecido fico e em algum tempo terei que o conhecer, pois em terras tupiniquins são poucas as pessoas que realmente entendem desse nosso esporte das corridas de automóveis . Na maioria do tempo fala- se para as paredes .......!!!!!!!!

                Sou extremamente crítico ao analisar um piloto. O exemplo que dou, como vão ver é sintomático pois meu filho à época com onze anos queria começar a correr. Levei-o ao kartódromo e após alguns treinos percebi que não seria uma """" Brastemp """", como falava a propaganda da época.......!!!!!!  Propus-lhe dê ficarmos para """" cá do muro """" e a alguns anos atrás ele veio me agradecer pela minha orientação. Estudava de noite e de dia me acompanhava nas minhas """" loucuras """" em minha garagem. Quando consegui passar um estudo meu e de um pequeno grupo de engenheiros que reuni de um FÓRMULA 3 de meu desenho inicial , no túnel de vento do CTA , com a ajuda do Comandante OSSIRES SILVA tirei-o da escola por quinze dias para ele nos acompanhar nos testes comparativos que fizemos do nosso desenho em relação a um RALT de FÓRMULA 3 ......!!!!!! Minha mulher queria me matar, mas deu no que deu......!!!!!!! ((((( Um dia conto sobre esse projeto , que ainda está válido aos dias de hoje , valerá a pena , acho ....!!!!!! )))))))

                    A outra coisa è que ver fotos de carros de corrida em ação para mim é mais ou menos como um médico ver uma radiografia de um paciente em que este pode analisar o que está ocorrendo. No caso de uma carro dá para analisar tanto o auto como em algumas vezes o piloto ........


                    Vi à uns poucos dias atrás um  filme de LEWIS  HAMILTON largando em último neste GP do BRASIL e que me perdoem seus fãs, não è do nível nem de PIQUET nem de SENNA ou caminhando mais atrás no tempo, PETERSON, CARLOS PACE , AMON e MIKE the BIKE WAILWOOD, Juan Pablo Montoya.....!!!!!!!!  Estou me referindo da """" arte de se pilotar um auto de corrida """" e não de resultados de corridas ou de campeonatos ganhos. Uma coisa è uma coisa e outra coisa è outra coisa .....!!!!!!! O facto è que ele teoricamente deveria estar andando no seu limite pois tentava  chegar o melhor possível .....!!!!!! Um motor estupendo, pois na maioria das vezes não precisava nem vácuo pegar,  imaginem só .....!!!!!!  Mas da """ arte """", os outros de épocas outras nem vou comentar .........

 Obrigado RUI por mais esta, ok?



Abraço amigo de CHICO LAMEIRÃO

Chico na Formula 2
___________________________________________________________


 Hoje Marcos Lameirão é "Senior design engineer" no departamento de aerodinâmica da Sahara Force India  Formula One Tean.
Duas fotos ilustram este post...Chico ao lado de seu amigo e companheiro Carlos Pace e ele na Formula 2. Da foto dele com a Brabham ele escreveu um texto, para encontrar no Histórias todos textos dele procurem em "Conta Chico" nos marcadores ou na barra de busca.
Sobre a participação dele na F.2 de tanto que já conversamos sobre o assunto que eu poderia até escrever, mas deixo para o dia que ele quiser contar com suas palavras, até por que eu apesar de ter muita vontade não escrevo aqui o que meus amigos me contam particularmente.
Outra coisa...eu fundei o "Histórias" e hoje apesar de fazer todos os posts ele é nosso, viu "seu" Chico! Pois à mim muitos se agregaram contando aqui suas aventuras no mundo do automobilismo de competição. 
Finalizando faço aqui um convite "ao vivo e à cores" ao Marcos para que um dia ele nos conte um pouco de sua história!

Um abração Chico, Marcos e à todos que nos privilegiam ao acompanha-nos! 

Rui Amaral Jr
    

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Conta Chico!

Dan & Mario

.......... , então amigo RUI, os seus leitores sempre são amáveis para com a minha pessoa e isso além de não ter preço aos dias de hoje merecem  esclarecimentos  mais específicos  ao do que eu escrevo ......!!!!!!

             O SR. WALTER, por exemplo, acho que ficou com um ponto de interrogação sobre o GURNEY ser ao que eu escrevi do nível do ANDRETTI . Penso que da """" arte de pilotar um carro de corrida """"" sim , os dois eram imensamente parelhos, e isso  gostaria de frisar até porque ANDRETTI foi CAMPEÃO MUNDIAL de FÓRMULA UM e DAN GURNEY não foi , o que dá mais ênfase 'a questão ....!!!!!

 Mario...
Dan


              Temos inúmeros casos desse quilate: CHRIS AMON talvez seja o exemplo mais marcante, pois apesar de ser um tremendo piloto, ótimo acertador de carros e extremamente rápido, nunca ganhou uma corrida do CAMPEONATO MUNDIAL de FÓRMULA UM. Assisti eu, em SILVERSTONE, AMON de MARCH fazer a OLD  WOODCOT CORNER, uma curva à direita de altíssima velocidade completamente FLAT, sendo que ao que eu vi era o único a fase-lo. Tinha um azar incrível, em que por várias ocasiões estava liderando a corrida e lhe furava um pneu ou alguma outra coisa às vezes boba acontecia... incrível.......!!!!! Em seu cartel, só teve duas corridas de F 1 vencida, mas uma  não válida para o campeonato MUNDIAL, em BUENOS AIRES de MATRA e a de Silverstone de March.

Amon

Amon vencendo em Silverstone...notem que de botina embaixo ele já vem de lado, num angulo de deriva na tomada da Woodcote!
(...essa eu peguei para o Chico, ele vai gostar! Rui)
Também e Silverstone 1970.
...sem combustível em Jarama!
...em Monza perdeu a viseira quando vinha na ponta, seguido por Ghetin o vencedor!
Disparando na ponta em Clermont Ferrand...
...mas...vencendo em Mans com Bruce McLaren!

Froilan & Fangio
1951 Silverstone - Froilan vence com Fangio em segundo e Gigi Villorezi em terceiro.
Monza 1955 - Fangio & Froilan
1953 Spa - Froilan & Fangio

Fritz
Reims 1959 - Fritz com a 250F 


              Temos também o caso de FANGIO e FROILAN GONZALES, em que este era considerado mais rápido que FANGIO, mas.....mas .....não foi o campeão que FANGIO foi. E para complicar mais a história em uma corrida aqui em INTERLAGOS em um dia de chuva fina FRITZ D'OREY abriu uma reta de FROILAN GONZALES.......!!!!!! E aí, como ficamos......??????


        Abraço amigo à seus leitores de CHICO LAMEIRÃO

sábado, 20 de janeiro de 2018

Dan Gurney por Chico Lameirão

Estourando a champagne ao lado de A.J no podium depois da vitória em Mans.
...depois da bandeirada com A.J no capô!
Pilotando o Mk IV, o ressalto na capota por conta de sua altura! 

.......... , então amigo RUI, me atrevo a escrever umas poucas linhas sobre esse grande piloto americano tanto em seu tamanho como  que a pilotar era uma real fera. Seu passamento ocorreu na semana passada, mas só agora é que tive um tempo para estas  palavras e alguns tópicos que depois de tantos anos no metier colhe- se alguns momentos aqui e ali sobre DAN GURNEY.


Substituindo Bruce na McLaren.
Monza 1959 - Dan com a Ferrari Dino 246 #36, Black Jack ponteia seguido de Phill Hill e Dan...

 Vencendo na F.Um com o Porsche.
 Vencendo na F.Um com Brabham
Dan & Jimmy



               Correu pela SCUDERIA FERRARI na FÓRMULA UM ainda na época dos motores dianteiros, sendo que um de seus companheiros era PHILL HILL outro americano. Na Equipe MASERATI, estreou nos 1000 KILOMETROS de BUENOS AIRES a famosa MASERATI  BIRDCAGE um auto muito avançado para a época. Foi piloto da EQUIPE PORSCHE na FÓRMULA UM 1500 sendo seu companheiro JÔ BONNIER. Ainda na FÓRMULA UM 1500 seus serviços foram requisitados pela BRABHAM. Nessa época a nossa EQUIPE WILLYS ofereceu uma viagem para seus pilotos verem as 24 HORAS de LE MANS e uma corrida de FÓRMULA UM em CLEMONT FERRANT na FRANÇA. Para BIRD CLEMENTE os dois pilotos que o mais impressionaram foram JIM CLARK e DAN GURNEY, pois na curva em que ele estava posicionado, a de mais alta velocidade à direita eram os únicos que a faziam  FLAT... “pé em baixo” com seus autos em reações rápidas de overstering .......!!!!!!



A vitória com sua criação!

O Weslake V12
 Eagle-Weslake
Dan e Big John Surtees


                Anos mais tarde já na FÓRMULA UM 3 litros DAN GURNEY resolveu fazer seu próprio carro, o EAGLE WESLAKE um dos autos mais bonitos da categoria e eventualmente até hoje. Como os recursos eram poucos ele resolveu inovar, fundando a ALL AMERICAN RACING, conclamando  o público americano sempre deveras patriótico para que cada cidadão depositasse  em uma conta bancária dessa fundação UM DOLLAR resultando com isso que em pouquíssimo tempo arregimentou  quase 8 MILHÕES de DOLLARES , conseguindo aí realizar esse seu sonho que culminou com uma vitória em SPA FRACONCHAMP. Conseguiu assim fincar a bandeira americana no quintal das equipes européias.......!!!!!!!
                 Ainda em 1970 o vi correr em uma McLAREN em BRANS HATCH substituindo BRUCE , que teve um acidente fatal testando um auto da categoria CAN- AM  em GODWOOD.

Vencendo em Goodwood com Galaxy
Na mítica Birdcage-Maserati Mod61
 CanAm Lola-Weslake


                 Uma ultima curiosidade, é que era muito amigo do nosso campeoníssimo FRITZ D'OREY, que este quando GURNEY queria fazer um giro pela Europa emprestava- lhe seu auto particular... uma FERRARI  está claro ......!!!!!!!


                 Aos 87 anos vai- se um dos grandes da """"arte de pilotar um auto de corrida""""" sem sombra de dúvida do nível de MARIO ANDRETTI  .........!!!!!!!!!



Que DEUS o receba em sua nova jornada.......


Abraço a todos nossos leitores.....


CHICO  LAMEIRÃO


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Injeção de água...

Cerca de trinta anos atrás, pode ser quase quarenta, vinha no carro conversando com um amigo quando ele começa a contar sobre um dispositivo que ele viu com um "engenheiro" que injetava água na câmara de combustão junto com o combustível, pois bem...ele testou em seu carro de rua  e depois pediu ao Crispim fazer o mesmo em seu Super Ve...outro dia enviei este vídeo que recebi de um amigo a ele, logo em seguida ele liga perguntando se eu lembrava...lembrava sim "seu" Chico inclusive o que o Crispim me contou...um dia com tempo você conta aqui!

Um abração Crispim, Chico  e amigos,

Rui Amaral Jr     

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

CAMBER 40 anos - Conta Chico

Heládio, Ney, Bird, Jean, Alex, Pedro Vitor, Chico...

............, caro amigo RUI, faz algum tempo que não escrevo algumas linhas em seu blog. Também, não tinha alguma novidade a contar e só para encher lingüiça, não faz muito o meu gênero.  Mas agora, há algo a se dizer. Fomos gentilmente convidados por ALEX DIAS RIBEIRO a ir ao aniversário de 50 anos da EQUIPE CAMBER.     BIRD CLEMENTE, JAN BALDER, INGO HOFFMANN, PAULO GOMES, LITO CAVALCANTI e FLAVIO GOMES, éramos os de fora, mas a festa estava com muita gente de BRASÍLIA, todos a prestigiar os membros dessa famosa EQUIPE CAMBER .

                   Sempre falei que  a bastante tempo atrás , houve duas grandes escolas de automobilismo . A primeira, tanto pela época  quanto pelo nível de pilotos que de lá saíram, sem dúvida alguma foi a EQUIPE WILLYS. Desde que ela nasceu pilotos como BINO HEINS, EUGÊNIO MARTINS, LUIZ PEREIRA BUENO, WILSON FITTIPALDI, CARLOS PACE, BIRD CLEMENTE, EMERSON FITTIPALDI, CAROL FIGUEIREDO, TERRA SMITH e tantos outros eram de um nível altíssimo em que culminou de  quatro deles terem  chegado 'a FORMULA UM, sendo que  EMERSON FITTIPALDI foi CAMPEÃO MUNDIAL por duas vezes .

                   A segunda grande escola sem dúvida a EQUIPE CAMBER em que dela nasceram ou se formaram pilotos do nível de ALEX DIAS RIBEIRO, PUPO MORENO e NELSON PIQUET, todos chegando também 'a FÓRMULA UM, sendo PIQUET TRI CAMPEÃO MUNDIAL .

                   As comparações em automobilismo são inerentes e  inevitáveis , não tem outro jeito . Hoje, olhando para trás não tenho dúvida alguma que o trabalho para lá de corajoso da turma da EQUIPE CAMBER  foi  mais grandioso, devido ao facto de terem feito tudo a """" unha """" literalmente  e principalmente sem recursos algum. O famoso PATINHO FEIO não me deixa mentir .......!!!!!!!  A sua aerodinâmica para lá de esdrúxula, mas o carro em si extremamente importante  para o nosso automobilismo de competição demonstrando a saga desse TEAM . Eles cresceram tanto na técnica como no """" acreditar em chegar lá """"" nas dificuldades enfrentadas, no meio do nada, pois a época  BRASÍLIA não existia automobilisticamente falando. Eventualmente , somente uma coisa ajudou esses rapazes que foi o desenho de suas ruas ......!!!!! Não tinha praticamente esquinas, eram apenas curvas de média é de alta velocidade, além de  é claro da inexistência de radares .


 Imaginem os """" rachas """" ````a noite, deixava essa rapaziada super afiada....!!!!!! Todos sem exceção eram  muitíssimos rápidos nesses tipo de curvas ......!!!!!!!!


                    A bem da verdade, de um jeito ou de outro o trabalhos dessas duas EQUIPES  a WILLYS e a CAMBER, ainda em se olhando para trás mais uma vez, foi a coisa mais importante que aconteceu no automobilismo brasileiro até ao presente momento . Escrevo isto sem medo algum de errar.

                    Espero, rezo , para  os cartolas de um modo geral, reconheçam  seus erros  ao colocar à disposição  dos jovens pilotos de hoje essas famigeradas  MONOMARCAS, uma tremenda falácia . O exemplo está aí, há vista de quem tenha seus olhos abertos. Fora o fruto dessas duas EQUIPES, e está claro de AIRTON SENNA, que resultados efetivos o nosso automobilismo TUPINIQUIM teve mundialmente falando. .......?????????????


                   Ainda, além disso com problemas adicionais que são a perda  de AUTODROMOS famosos  como o do RIO de JANEIRO  (((( este , um assalto à mão armada .....????)))))))) e o da própria cidade de BRASÍLIA , um caso a ser resolvido seriamente. Aos amantes do futebol, imaginem se só houvesse o estádio do MARACANÃ será que o BRASIL teria vencido campeonatos mundiais? NO AUTOMOBILISMO é a mesma coisa, não podemos nos dar ao luxo de perder nossas praças de velocidade . Uma infâmia......!!!!!!!

                   Sei que no momento pessoas estão com idéias para colocar o """" trem nos trilhos """“, se esta claro não houver obstáculos à frente , pois a coisa já é difícil sem  estes, imaginem com eles .......!!!!!!! Uma categoria REALMENTE ESCOLA se faz necessária. Peso potência igual ao KART, pneus estreitos STREET, sem apêndices aerodinâmicos, eis o caminho, além de vários fabricantes de chassis e por que não de motores ......!!!!!!!


                   Ao ALEX meu muito obrigado pelo convite realmente foi muito legal apenas no próximo talvez tenha que ter um hiato menor, pois mais dez e não sei se estarei em pé  .....!!!!!!!!


                                                                          A toda a EQUIPE CAMBER abraço amigo
                                                                                            CHICO LAMEIRÃO



BLOG DO JOVINO

No excelente Mocambo muitas fotos da festa, obrigado Jovino, um abraço.  

segunda-feira, 27 de março de 2017

ALFREDO GUARANÁ MENEZES ...

Chateau, Guaraná, Chico e Julio Caio.

...........  , Amigo RUI ,  lá se vai um dos grandes pilotos , ALFREDO GUARANÁ MENEZES .....!!!!!  Ótima pessoa , gentil no trato para com os outros , e rápido , muito rápido  em  autos velozes como foram os fórmulas SUPER V  1.6 . Bem agressivo e por vezes imprevisível  em suas manobras   , esse era ALFREDO GUARANÁ MENEZES . Contribuiu em muito para que a categoria fosse o que foi, a melhor até aos dias de hoje , sem sombra de duvida , até surgindo dela , um tri- campeão mundial , NELSON PIQUET , que muito teve este que arregaçar as mangas em batalhas com GUARANÁ ........!!!!!!!!


                                                    Que DEUS o receba, em sua NOVA JORNADA



                                                                          CHICO LAMEIRÃO

quarta-feira, 22 de março de 2017

Conta Chico...F Junior

Seu Chico, com as mãos no bolso Ettore Beppe, atrás dele Eugeninho Martins e de boné Cacau mecânico por longos anos de "seu" Chico. 
  Nesta foto Ettore e Cacau conversam com "seu" Chico, atrás do carro com a gola levantada Toni Bianco e de costas acreditamos que Christian "Bino" Heins.

HISTÓRIA  &  FATOS

       MANUEL de TEFFE ///' CHICO LANDI  , TONI BIANCO , EUGENIO MARTINS ///  O PORQUÊ ///
       PRIMEIROS PASSOS de PILOTAGEM /// GINETTA JUNIOR  INGLATERRA 2010 ///
       CAMPEONATOS ///  VOLKSWAGEN. SUPER V /// PLURIMARCAS /// MONOMARCAS ///
       NASCE UM PARQUE INDUSTRIAL de COMPETIÇÃO ///  FABRICANTES de MOTORES  1 LITRO

                                          FÓRMULA JUNIOR no BRASIL  ----  ANOS  60 .

                        Segundo PAULO SCALI, escritor e historiador do automobilismo brasileiro, MANUEL de TEFFE foi quem convenceu CHICO LANDI ,TÔNI BIANCO e EUGENIO MARTINS  a fazerem o FORMULA JUNIOR  LANDI/BIANCO e lançar a categoria para fomentar o nascimento de uma nova geração de pilotos, pois nesta época  não eram muitos que tinham condições de possuírem uma FERRARI ou uma MASERATI e muito mais  de manter esses autos em condições de competir .

                         A categoria já existia há época na EUROPA. Regida pela FIA, aceitava qualquer motor de produção de até  1.1 litro. Portanto teríamos teoricamente quase as mesmas condições técnicas do velho continente, pois por aqui tínhamos a VEMAG com seu motor DKW de três cilindros de 1 litro e a WILLYS OVERLAND com o motor RENAULT GORDINI  da mesma cilindrada .

                          Entusiasmado com a idéia de MANUEL de TEFFE, " SEU " CHICO e TÔNI BIANCO fizeram três monopostos com motor RENAULT GORDINI, sendo  um para a EQUIPE WILLYS  para CHRISTIAN HEINS, outro para OCTAVIANO CURY é um terceiro para ANTONIO CARLOS SCAVONE.  O quarto carro BIRD CLEMENTE comprou, este com motor DKW que depois passou para a EQUIPE VEMAG, em que MARINHO e BIRD iam pilotá-lo. Ainda tinha um outro fórmula de JEAN BEGEROUT, sendo que este não tenho a certeza que fosse um LANDI  ou o próprio BEGEROUT o tivesse fabricado, pois sua aerodinâmica era diferenciada . Como JEAN era piloto de aviação, pode ser que tenha modificado sua carroceria, não sei...!!!!!! Além destes autos, LANDI  fez mais dois sendo um com motor ALFA ROMEO e o outro com motor SIMCA. Estes dois carros corriam na categoria MECANICA CONTINENTAL. Iriam pilotá-los o próprio "" SEU"" CHICO  e CELSO LARA BARBERIS e com o motor SIMCA , JAYME SILVA. No auto de SCAVONE, após ele ter um acidente no circuito de ARARAQUARA  em uma berlinetta INTERLAGOS passou este para as mãos de LUÍZ PEREIRA BUENO  já em ARARAQUARA mesmo e depois nos 500 QUILOMETROS de INTERLAGOS em que eu próprio iria fazer parceria com LUIZ. Mais tarde LUDOVINO PEREZ fez também algumas corridas com esse carro. Com o passamento de BINO HEINS nas 24 HORAS de LE MANS, WILSON FITTIPALDI passou a pilotar o monoposto da EQUIPE WILLYS .


                                  OS PORQUÊS da F. JUNIOR NÃO TER IDO PARA A FRENTE

                       Realmente uma pena, pois tinha tudo para dar certo. Houve a bem da verdade uma grande pressão dos pilotos da MECANICA CONTINENTAL, que eram em sua maioria os carros chamados de """" baratinhas """ com motores adaptados. Está claro que os F. JUNIORS com suspensões mais modernas, autos mais leves e ágeis estavam incomodando e não pouco...!!!!! Os cartolas, por sua parte, não souberam  fazer corridas específicas para esta categoria. Se o tivessem feito com certeza que o rumo teria sido outro pois mais pilotos começavam a ficar interessados. Mas largando todos juntos ficava difícil. Está claro que os próprios carros LANDI  ainda tinham muito campo para se desenvolverem, mas mesmo como se encontravam eram uma """" pedra no sapato """ da CONTINENTAL. Além dessa pressão houve o acidente  com o CELSO LARA BARBERIS. A bem da verdade uma disputa de pista que acabou muito mal. Talvez aí "" SEU """ CHICO  tenha se desanimado em continuar com o projeto acrescido com a pressão  da categoria CONTINENTAL  e com a falta de visão dos cartolas da época seu final estava declarado .......!!!!!!!!  Vejam bem , alguns anos mais tarde foi lançada a FORMULA V, com motores VOLKSWAGEN  1.2 e posteriormente 1.3 . Sem duvida carros bem menos competitivos dos que os  F. JUNIORS. Em um comparativo pelo anel externo de INTERLAGOS, enquanto  um F. V virava em 1'30"/1'28" os JUNIORS  anos antes com motor GORDINI 1.0 andavam em 1'16"/1'17" e os da VEMAG próximo a 1' 10" .......!!!!!!!



Ludovino Perez larga para os 500 KM de Interlagos de 1965. Com motor Gordini de 1.000cc larga à frente de vários Mecânica Continental para chegar no oitavo lugar.
O Willys-Gávea, Formula 3 com motor de 1.100cc   


                               PRIMEIROS PASSOS PARA SABER da ARTE de PILOTAR
                                                 UM CARRO de CORRIDA

            A receita tem que passar necessariamente por motores de pouca potência, pneus STREET de perfil alto, sem apêndices aerodinâmicos, mas com o mesmo peso potência de um KART para os dias de hoje.  Nos anos 60 isso se traduzia nos autos RENAULT GORDINI de 850 CC com """" 40HP de EMOCAO """"" segundo a propaganda """, como se dizia à época ......!!!!!!!  Se você andasse muito  forte o motor  """"" caia no chão """", pois não se tinha potência suficiente para te tirar da """ entortada"""", anda-se que nem uma """" pata choca"""", não ia virar tempo então andava- se naquele limite tênue para se virar um ótimo tempo. Dai nasceram LUIZ PEREIRA BUENO, CARLOS PACE, CAROL FIGUEIREDO e todos da EQUIPE WILLYS dispensando apresentações. Confrontando essa escola de pouca potência, pneus finos e autos difíceis de se  pilotar adequadamente com a outra de grande potência, tenho um episódio a demonstrar acontecido à época na EQUIPE  WILLYS:

                                  1500 QUILOMETROS de INTERLAGOS, o auto era uma CARRETERA GORDINI, motor de 1.0 litro traseiro mas colocado entre os eixos com um câmbio COLOTTI. GRECCO convidou um piloto acostumado com as carreteiras com motores CHEVROLET CORVETTE. CARLOS PACE e eu nunca havíamos pilotado essa CARRETERA GORDINI. Nos mandaram para que chegássemos a INTERLAGOS no final da tarde. O piloto convidado, treinou praticamente o dia inteiro, virando em sua melhor volta em 4'26". Quando chegamos GRECCO pediu para eu ser o primeiro a sair para experimentar o carro. Na minha segunda volta virei em 4' 18" 5"' e MOCO  também em sua segunda volta baixou esse meu tempo para 4' 17" 6"'. O piloto convidado , ficou tão desesperado que na sua última saída piorou o seu próprio tempo , virando em 4' 28" e alguns quebrados ......!!!!!! Isto foi um fato inconteste, sobre uma escola em relação à outra...!!!

                                       OUTRO FATO ESTE RECENTE...:
                                       CATEGORIAS GINETTA JUNIOR
                 INGLATERRA/2010 - GINETTA G 40/GINETTA CARS FACTORY
 A bela briga das Ginetta
Marcos Lameirão e a G40 projetada por ele. 

             O GINETTA G 40 é um carro GT com um motor FORD de 4 cilindros de 180 CVs. A fábrica, resolveu reescalonar esse mesmo auto para uma categoria de jovens de 13/14  anos recém saídos do KART. Sua potência foi reduzida para 100 CVs por meio de uma flange na admissão, pneus STREET finos, sem apêndices aerodinâmicos, a meu ver esse GINETTA é uma reencarnação dos RENAULT GORDINIs da nossa  época, no quesito de pilotagem. O resultado está sendo fantástico, nascendo ótimos pilotos dessa GINETTA JUNIOR. Saindo depois para outras categorias como a LE MANS SERIE, a FÓRMULA 3, em que até a McLAREN TEAM de FORMULA 1 assinou um contrato para bancar a carreira de um jovem nascido e saído dessa categoria, LAUDO NORRIS. Como veem , bateu no que venho dizendo a alguns anos ......!!!!!! Aqui no BRASIL , me dizem que os pais dos pilotos , falam que se o auto não tiver pneus largos e aerofolios , seus filhos não vão andar , pois isso """" não 'é um carro de corrida""""....!!!!!!!!! Acontece que 99,99 % dos pais , não entendem nada sobre esse assunto .

                                                      CAMPEONATOS
                                                                   
                     Os REGIONAIS devem ser fortes, esse é o rumo a ser  seguido. O item viagens em terras tupiniquins, quebra qualquer orçamento. O BRASILEIRO, poderia ser igual ao que o KART já faz, em sorteando uma pista, em um final de semana se realiza o campeonato. Sem mais! Com isso, muitos mais pilotos correrão durante o ano, sem dúvida alguma. A escolha dos cinco melhores pilotos por temporada é extremamente importante. Desses cinco alguns poderão ter mais sorte do que outros em sua carreira mas assim é a vida . Não é bom se apostar em um único piloto, aí é deveras arriscado no meu modo de entender ......!!!!!!


                                                      VOLKSWAGEN  SUPER V
Chico vencendo com o Polar construído por Ricardo e com o bico feito por Toni Bianco.


                           Quando ao chamado para uma primeira reunião da VOLKSWAGEN do BRASIL no começo de 1973 na ALA-ZERO, praticamente todo o pessoal do metier de corrida estava presente  e curiosos estávamos, pois nunca esta grande fábrica havia se pronunciado a favor do automobilismo de competição. Extremamente organizados, sob a batuta de seu presidente SAUER, seu diretor FLAUMER e seus assistentes OTTO KUTNER e STEFANO CAMPHILIA nos apresentaram um regulamento igual ao do campeonato EUROPEU da categoria VOLKSWAGEN SUPER V, em que até já tinham uma data para a primeira corrida, que seria realizada ao justo de um ano.  O regulamento era bem simples: CILINDRADA de até 1600 CC, com dois carburadores de duplo corpo de 40 mm. CHASSIS de concepção livre como também sua procedência  também, mas fabricado no BRASIL. Em um primeiro momento se importou um ASTRO- KAIMAN, que detinha em seu cartão de visitas oito campeonatos EUROPEUS ganhos. Nessa mesma reunião o piloto RICARDO ACHCAR anunciou que iria desenhar e fabricar um seu monoposto, o POLAR. Seus três primeiros fregueses foram BIJU RANGEL, NELSON PIKET ( à época com K mesmo ) e...eu. Seguindo RICARDO, os irmãos FERREIRINHA, HERCULANO e ANTONIO seguiram a mesma linha com um projeto nacional, o HEVE.


                                              NASCE um PARQUE INDUSTRIAL de COMPETIÇÃO

                  A base de um automobilismo saudável , 'é ter um parque industrial forte , com o maior número de empresas atuando no setor . """" VÍDE""" como sempre a INGLATERRA , grande referência mundial deste parque , em que a alguns anos atrás , 5 % de seu PIB era provenientes do automobilismo de competição .......!!!!!!!! Com uma mentalidade extremamente aberta, a VOLKSWAGEN do BRASIL fez questão que na parte de chassis houvesse o maior número de fabricantes possível , igual aos modos europeus, pois com isso haveria mais empregos com mais pessoas voltadas e concentradas para o mesmo prisma , a competição , o que refletia além do trabalho , em um aprimoramento de componentes para a própria fábrica , além de um marketing  tecnológico /// esportivo natural . Chegou- se a ter em certo momento , motores com preparação BR de até 150 CVs. Os números da SUPER  V como categoria , 'a data de 1974 em diante , foram deveras  muito fortes . Começando em sua primeira corrida com oito autos , com dois anos de existência , teve- se grids de 44 carros . A uma média de 8 pessoas a trabalhar diretamente em cada equipe , chega- se a 360 empregos em que contando com seus dependentes chegará- se a quase 1500 pessoas . Sem contar as pequenas firmas de componentes como tanques de óleo , escapamentos  uma infinidade de peças .....!!!!!! Somente a POLAR chegou a fabricar 88  SUPER Vs . Dos fabricantes dos autos , a ASTRO KAIMAN  foi a primeira a se apresentar para quase em sequência a POLAR , a HEVE , o AVALLONE este com um projeto inglês o SUPER NOVA. Destacadamente a POLAR de RICARDO ACHCAR dominou a categoria com um projeto  completamente BR, vencendo os campeonatos de 74/75/76/77/78, tanto PAULISTA como BRASILEIRO. Foi sem dúvida alguma a época de ouro do automobilismo  tupiniquim, pouco valorizado pela imprensa dita especializada.....!!!!!! Simplesmente batemos o AUSTRO-KAIMMAN  que detinha oito campeonatos europeus  ganhos, que pilotos famosos como NIKI LAUDA e KEKE ROSBERG pilotaram. Época em que se punha a """" cara para bater"""" em que ninguém  se """ escondia”””  protegido de sua “””MONOMARCA"""". Em todas estas atuais, quem pode garantir que seus carros são bons ou mesmo razoáveis, se estes não tem a concorrência de outras idéias...?????? Entramos com isso em uma estagnação técnica atroz. Há, diga se, mas a PLURIMARCAS encarece. Grande erro em se afirmar isso, pois basta saber-se fazer um regulamento simples mas inteligente, com medidas MINIMAS & MAXIMAS em que os fabricantes terão uma ou no máximo duas """ janelas """" de desenvolvimento por ano e com um preço máximo estipulado por cada """ janela"""

                                           PARQUE INDUSTRIAL  BRASILEIRO de MOTORES de 1 LITRO                                                      
                                           

                    FIAT /// FORD /// VOLKSWAGEN /// CHEVROLET /// RENAULT /// HINDAY

                               KIA /// NISSAN /// SMART /// HAFFEI /// CHERY



O Formula Junior que Chico projetou e constrói em sua oficina, o começo da nova categoria. 


                Imaginem os amigos, uma FORMULA JUNIOR com todos esses motores, que """ propaganda """ não se faria...??????  E que bela categoria, hein...?????




                                                  RUI, grande abraço e obrigado pela oportunidade, desculpe pelo papiro...!!!!!!!!!!

Abraço amigo a todos, Chico Lameirão.



                                                             ________________________________________

Caro Chico, você bem sabe que a casa aqui é sua, o "papiro" que não é tão extenso, mostra bem sua ideia e principalmente sua vontade de fazer nosso automobilismos outra vez competitivo.
Peço aos amigos que considerem algum erro que cometi na transcrição do texto e aproveito para mandar meu abração para tantos amigos aqui citados, Ricardo, Bird, Biju Rangel e tantos outros e a você Chico.

Rui Amaral Jr

NT: Já que outra vez me intrometi no texto do Chico não poderia deixar de citar aqui outro amigo que batalha muito para trazer novamente as disputas às nossas pista, um abração Zullino.   

quarta-feira, 15 de março de 2017

Conta Chico...

 "Seu" Chico ou como diz o Chico "o pai de todos nós" testando provavelmente o F.Junior Alfa.
 Bird Clemente e Jorge Letry com o F. Junior DKW.
Quatro Rodas - Abril de 1964  - cópia de meu arquivo pessoal.


... amigo RUI, encontrei o assunto que falamos ontem sobre os fórmula JUNIORs, mostrando aí uma das razões porque """"" abafaram """"" essa fantástica categoria, à época muito mais avançada da que a  primeira fórmula V que seis anos depois foi lançada .....!!!!!! Uma lástima, mas neste momento estamos tecnicamente bem situados para pô-la na ribalta pois nosso parque industrial tem mais de dez motores de marcas diferentes de 1000 CC é só faze-la sem as famigeradas MONOMARCAS que estão a ajudar a afundar nosso automobilismo BRASILEIRO .......!!!!!!!!

Abraço Chico Lameirão


Ludovino Perez
Saída da curva Dois em Interlagos, o carrinho vem pendurado forçando dois Mecânicas Continental.

Pouco antes da fatídica largada dos 500 KM de Interlagos de 1963.

"Seu" Chico, ao lado de seu F.Junior a BONGOTTI da família de meu amigo Miltão Bonani.
_________________________________________________

Tomo a liberdade de acrescentar algo ao texto do Chico: Em nossos longos papos volta e meia voltamos ao assunto da Formula Junior com motores de 1.000cc e pneus radiais que ele acredita ser a saída para nosso automobilismo de base, também acredito. 
Uma categoria muito bem regulamentada os chassis com as mesmas medidas e materiais feitos por diversos construtores, medidas estas com valores mínimos e máximos o que daria aos construtores um enorme campo para desenvolverem seus projetos. Os motores, dentro do regulamento rígido e preparados por diversos profissionais.
Seria certamente uma categoria de custo baixo que daria a oportunidade dos jovens se iniciarem no automobilismo pelo caminho certo, pois os pneus radiais e seu pouco grip comparado com os slicks daria à eles uma grande noção de uma tocada fina e de acerto de chassi que hoje na F3 é feita de forma eletrônica.
E...além muito além disso traria nossos profissionais das várias áreas do automobilismo de volta criando muitos empregos.

Abraços à todos e à você Chico.

Rui Amaral Jr 

?